Notícias

  • Investir em acessibilidade digital é uma boa prática de ESG nas empresas

    Compartilhe

    Você já deve conhecer ou ter ouvido falar no termo ESG. Afinal, só se fala nisso!

    O ESG virou prioridade na agenda de grande parte dos investidores e líderes de negócios em todo o mundo.

    Mas você conhece a fundo essa sigla e sabe quais são os grandes temas que estão norteando essas três letrinhas? Spoiler alert 🚨: a acessibilidade digital é um deles!

    Neste artigo, vamos explicar melhor o que é a ESG, quais são os temas que a norteiam, a importância de investir e as vantagens de contar com a acessibilidade digital. Acompanhe! 😉😉

    Primeiro, o que você precisa entender sobre ESG

    A sigla ESG significa Environmental, Social and Governance, que quer dizer: “Ambiental, Social e Governança”, na tradução para o português.

    Ela é usada para se referir às melhores práticas ambientais, sociais e de governança de uma companhia, e essas práticas vêm sendo cada vez mais avaliadas por investidores na tomada de decisão sobre investimentos no mercado financeiro.

    E isso, porque se a sua organização investe em boas práticas de ESG, significa que ela será melhor avaliada e observada por consumidores, parceiros, fornecedores, colaboradores e, claro, também pelos investidores.

    Saiba o que está englobado em cada uma das três dimensões do ESG:

    • Environmental (Ambiental)

    Indica as boas práticas adotadas por uma empresa em questões de impacto ambiental, tais como: emissão de carbono, gestão de resíduos, uso adequado dos recursos naturais, eficiência energética, preservação da natureza, preservação da biodiversidade etc.

    • Social

    Ações da empresa que evidenciam a preocupação com seus colaboradores e com o bem-estar de cada um deles, tais como: respeito às leis trabalhistas, garantia a segurança dos dados, promoção da inclusão, diversidade e acessibilidade (tanto física como digital) e contribuição com a comunidade em seu entorno.

    • Governança

    Indica se a organização adota as melhores práticas corporativas, atuando com ética, transparência e responsabilidade fiscal, e respeitando leis e regulamentações a que está sujeita.

    Mas porque esse termo está tão em alta?

    A primeira coisa que você precisa saber é que o comportamento do consumidor e do investidor mudou consideravelmente de uns anos para cá.

    Hoje, os consumidores optam por comprar e apoiar empresas que valorizam causas sociais e ambientais, exigindo que as organizações adotem práticas sustentáveis, sociais e de governança.

    Mas além dos consumidores, os investidores também têm optado por dar suporte a negócios que investem nesses três pilares do ESG. Foi-se o tempo em que um investidor considerava apenas aspectos financeiros para aplicar o seu dinheiro. Hoje, eles não são mais primários, e sim secundários.

    E os dados comprovam. Uma Pesquisa de Sustentabilidade da ANBIMA mostrou que 85,4% dos investidores brasileiros sabem o que é ESG e avaliam suas práticas nos critérios de tomada de decisão de investimentos.

    Além disso, segundo o relatório “Inovação e ESG”, da consultoria ACE Cortex, 46% dos empreendedores e colaboradores de grandes companhias do Brasil afirmam já existir programas de ESG em suas empresas e 92% acreditam que o conceito vai impactar as estratégias futuras dos negócios.

    Sendo assim, independente do porte ou setor da sua empresa, se você está pensando em se diferenciar de concorrentes e garantir bons resultados no seu negócio, investir em ESG é uma ótima opção!

    A acessibilidade digital no mundo ESG

    Mas, por mais que estejamos vendo que as práticas de ESG estão na agenda das grandes companhias brasileiras, muitas delas ainda estão bem atrasadas quando se trata de um assunto urgente para o país, e que se encontra no escopo de ESG: a acessibilidade digital.

    Mesmo empresas mais comprometidas com o tema ESG têm dificuldade de tornar seus sites acessíveis para pessoas que necessitam de recursos para navegar livremente na web.

    E quando paramos para analisar os relatos de Sustentabilidade das empresas brasileiras de 2019/2020, observamos que em questões ligadas às mulheres, há metas estabelecidas. Mas quando se trata de assuntos relacionados à diversidade, raça e pessoas com deficiência, os relatórios acabam sendo fracos em ações e metas e, na maioria dos casos, são limitados a atendimento de cotas.

    A acessibilidade, seja digital ou física, também deve ser vislumbrada quando falamos de ESG.

    Equalweb Brasil traz acessibilidade digital para a agenda ESG

    Primeira no mercado com uma solução de acessibilidade completa, a Equalweb se destaca como uma tecnologia que oferece até 31 recursos de acessibilidade digital para websites de empresas de todos os portes, de forma responsiva (ou seja, também para os acessos por dispositivos móveis como celulares e tablets).

    Através da ferramenta, hoje, o maior objetivo da EqualWeb é mudar a realidade do Brasil, disponibilizando a tecnologia para que as empresas, de fato, possam assumir um papel de protagonismo na inclusão digital.

    “No prazo de um ano queremos quadruplicar o impacto no Brasil, com as empresas brasileiras aderindo à causa e fazendo investimentos em tecnologias de acessibilidade digital”, aponta Jaques Haber, Head de Impacto da Equalweb.

    A EqualWeb deseja ser influenciadora da acessibilidade digital e, seguindo às tendências de ESG, fazer com que ela seja vista como uma questão de governança.

    “Certamente a ESG é uma nova exigência da sociedade direcionada ao mundo empresarial que não pode mais ser colocada em segundo plano”, conclui Jaques.

    Mas o que as empresas ganham investindo em acessibilidade digital?

    Em primeiro lugar, você precisa ter em mente que é uma questão social. Investir na acessibilidade digital significa que a sua empresa estará promovendo a inclusão de milhões de pessoas com alguma deficiência ou limitação. Esse é o primeiro grande ponto, e talvez o mais importante.

    Em números: as empresas que não investem em acessibilidade no ambiente online deixam de se comunicar de forma eficiente com 60 milhões de pessoas com deficiência ou com alguma necessidade específica para navegação na web.

    Mas ao tornar seu site acessível, além de beneficiar todas essas pessoas, você estará beneficiando também a sua empresa. E vamos explicar o porquê.

    Pense que ao incluir essas milhões de pessoas, você estará se destacando das outras empresas no mercado. Afinal, hoje, menos de 1% dos sites brasileiros são acessíveis.

    E se a sua empresa é uma promotora da inclusão digital, isso significa que você está melhorando a imagem da sua organização. Afinal, seu negócio passará uma imagem positiva para o mercado e vai atrair cada vez mais consumidores.

    E, claro que mais consumidores olhando para seu negócio se traduz em mais vendas e engajamento. Consequentemente, gerando bons retornos financeiros e aumento de receita. Muito bom, né?

    E você não vai querer perder essa oportunidade. Ainda mais sabendo que a ESG deve atrair US$ 53 tri em investimentos em 2025, segundo a Bloomberg. Isso significa que continuaremos a ver questões sociais subindo na pauta corporativa, e sua empresa precisa estar preparada para isso.

    Você pode, então, dar o primeiro passo no caminho da inclusão digital em conjunto com a EqualWeb. Fale com nossos especialistas!


A EqualWeb é uma das soluções líderes globais em acessibilidade digital. Há 6 anos, vem tornando sites e conteúdos digitais acessíveis para pessoas que possuem alguma necessidade especial.

São Paulo

Av. das Nações Unidas, 8501, 17º andar
Pinheiros, São Paulo/SP

E-mail: [email protected]

Rio de Janeiro

Rua Visconde de Pirajá 351, Andar P
Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Telefone: +55 21 99216-5814