Notícias

  • Saiba como funcionam os testes de acessibilidade da EqualWeb Brasil

    Compartilhe

    Sabemos da importância da internet nos dias atuais e do quanto as empresas precisam contar com um ambiente digital, seja nas redes sociais ou na criação de um website. Porém, muitas marcas se enganam ao pensar que ter um layout bonito nas páginas do site, um conteúdo de qualidade e uma boa estratégia de marketing são suficientes para criarem uma identificação com o público e se destacarem no mercado. É preciso ir além.

    Ter um conteúdo acessível é o que fará de fato a sua empresa se destacar. Dessa forma, sua companhia conseguirá ampliar a imagem da marca, conquistar novos públicos e fidelizar os usuários, além de estar em conformidade com as normas e legislações vigentes contempladas na LEI Nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015, que “Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência).”

    O Artigo 63. diz que “É obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas internacionalmente.”   Também é importante se atentar para a exigência constante no 1º parágrafo: ” § 1º Os sítios devem conter símbolo de acessibilidade em destaque.”

    Mas você pode estar pensando: o que faço para ser acessível? Primeiro, é preciso procurar uma empresa segura e que forneça a acessibilidade de forma completa, como é o caso da EqualWeb.

    Hoje, no Brasil, menos de 1% dos sites são completamente acessíveis, segundo dados da pesquisa realizada pelo movimento Web para Todos, em parceria com a empresa BigDataCorp. Você já parou para pensar, por exemplo, se o seu site conta com textos alternativos em todas as imagens? Ou se os usuários conseguem navegar através do teclado? Se as cores utilizadas geram contraste entre texto e fundo da página? Ou se os seus links possuem indicadores visuais? Esses fatores são de extrema importância e podem fazer a diferença!

    Para ser acessível, o seu site precisa ser, segundo o conjunto de regras da WCAG (Web Content Accessibility Guidelines):

    1. Perceptível: As informações e os componentes da interface do usuário devem ser apresentados em formas que possam ser percebidas pelo usuário.
    2. Operável: Os componentes de interface de usuário e a navegação devem ser operáveis, por exemplo: todas as funcionalidades da página estão disponíveis via teclado.
    3. Compreensível: A informação e a operação da interface de usuário devem ser compreensíveis, por exemplo: a página possui indicador da linguagem no cabeçalho.
    4. Robusto: O conteúdo deve ser robusto o suficiente para poder ser interpretado de forma confiável por uma ampla variedade de agentes de usuário, incluindo tecnologias assistivas.

    Sendo assim, você pode até pensar que o seu site está livre de problemas ou que ele conta com alguns recursos acessíveis, mas, para atender às normas e à legislação, ele precisa ser totalmente acessível! E como saber disso? Submetendo-se a testes de acessibilidade completos e precisos.

    Para te ajudar nesse processo, existem inúmeras ferramentas que analisam se um site é realmente acessível. O governo federal, por exemplo, disponibiliza o ASES, uma ferramenta de avaliação e simulação de acessibilidade para os websites disponíveis na internet. Ele faz a validação tanto pela URL, como pelo upload de um arquivo ou pelo código fonte. Além dele, existe também o WAVE, Web Accessibility Evaluation Tool, que é um conjunto de ferramentas de avaliação que ajuda a identificar os erros de acessibilidade de acordo com as diretrizes do WCAG (Web Content Accessibility Guidelines).

    Sendo assim, caso o seu site possua baixo contraste entre texto e fundo ou as imagens não contenham descrição, essas ferramentas irão identificar e indicar esses erros. Mas como a EqualWeb ajuda nesse sentido? A ferramenta automática da EW faz essas mudanças. Vamos explicar mais a frente como isso funciona de fato.

     

    Como funciona o teste de acessibilidade

    De modo geral, o teste de acessibilidade da EqualWeb é feito a partir da utilização da ferramenta automatizada ou de uma equipe especialista em acessibilidade, dependendo do plano que a sua empresa escolher.

    No caso da ferramenta automatizada EqualWeb, ela não muda internamente o site e não altera o código fonte. É importante destacar, portanto, que a EqualWeb não é um plugin e sim uma ferramenta que estará nativa nos websites para que as mudanças sejam feitas quando os usuários optarem por ativar os recursos (veja alguns abaixo). Neste sentido, a ferramenta não será responsável por mudar os erros internos que o seu site possui, mas sim tornar o website acessível a todos.

    recursos equalweb

    Teste de acessibilidade automatizado

    A ferramenta automatizada é importante para garantir que as mudanças aconteçam de forma rápida. Esse teste consegue alterar instantaneamente áreas do seu site que precisam de atenção e correção. Em outras palavras, ele encontra os erros e já faz as alterações.

    Além disso, há muitas funções que não são modificadas pela ação humana, como é o caso dos comandos de voz ou dos leitores de texto. Então, existem recursos que os programadores não vão conseguir ajustar, e por isso que a ferramenta automática é tão essencial.

    Porém, como mencionamos anteriormente, ele não vai mudar o seu código fonte ou o design do seu site. Dessa forma, se o seu website passar por uma análise do ASES, do governo federal, por exemplo, ele vai aparecer com esses erros. Justamente porque a ferramenta automática não modifica a configuração original do site. Ela ajusta a forma como o usuário vê as páginas, garantindo uma boa condição de navegação para pessoas com deficiência. Mas para isso, o usuário precisará ativar algum recurso. Ele terá o poder de mudar o site através da ferramenta.

     

    Teste de acessibilidade manual

    No teste de acessibilidade manual, podemos contar com a atuação de profissionais experientes que conhecem tanto a ferramenta e a tecnologia, como a acessibilidade. Esses profissionais vão fazer ajustes em erros na aparência, na codificação e em elementos, que são informados pela ferramenta automatizada. Um plugin é instalado no computador, auxiliando o programador a saber onde está o problema, modificando, nesse caso, a estrutura do site.

    E além da própria experiência da nossa equipe, formada por profissionais de TI, especialistas em acessibilidade e marketing, designers e programadores, a EqualWeb também conta com o auxílio de pessoas com deficiência, que verificam as páginas manualmente e testam as diferentes funções no site ou aplicativo móvel. Como eles têm as limitações e vivenciam isso, eles conseguem notar determinados tipos de barreiras que profissionais ou a automatização não são capazes de perceber. Contudo, tenha em mente, que é uma solução mais cara e mais demorada.

     

    Lembrando que a acessibilidade também deve ser implementada nos dispositivos móveis! Um problema que acontece recorrentemente é não tornar as páginas acessíveis responsivas para aparelhos celulares ou tablet. Com isso, imagens podem reduzir de tamanho ou letras ficarem pequenas, por exemplo, limitando a usabilidade para pessoas que têm alguma deficiência visual.

    Sendo assim, para que o seu site e conteúdo digital atendam aos mais altos padrões de acessibilidade, entre em contato com nossos profissionais! A EqualWeb possui diferentes planos e soluções para empresas de todos os portes!

     

    Referências:

    https://asesweb.governoeletronico.gov.br/avaliar

    https://wave.webaim.org/


A EqualWeb é uma das soluções líderes globais em acessibilidade digital. Há 6 anos, vem tornando sites e conteúdos digitais acessíveis para pessoas que possuem alguma necessidade especial.

São Paulo

Av. das Nações Unidas, 8501, 17º andar
Pinheiros, São Paulo/SP

E-mail: [email protected]

Rio de Janeiro

Rua Visconde de Pirajá 351, Andar P
Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Telefone: +55 21 99216-5814