Notícias

  • Estúdio News debate visão da sociedade sobre pessoas com deficiência

    Compartilhe

    O programa discute o capacitismo, nome dado ao preconceito ou ato de subestimar e rotular as pessoas com deficiência

    Do R7 – 4/3/2021 às 10h22

    Capacitismo é o nome dado ao preconceito ou ato de subestimar e rotular as pessoas com deficiência, algo tão enraizado em nossa sociedade que às vezes nem percebemos as atitudes capacitistas que tomamos.

    O Estúdio News coloca em pauta esse tema, ainda tão pouco discutido, e recebe Andrea Schwarz, CEO da IIgual Inclusão e Diversidade e presidente da EqualWeb Brasil, e Daniel Rosinha, jornalista e repórter do Balanço Geral RJ, conhecido como Daniel Toco.

    Andrea Schwarz, hoje com 44 anos, tornou-se cadeirante aos 22 e desde então começou a se incomodar quanto às questões de inclusão e falta de representatividade. Seu incômodo virou empreendedorismo focado em empregabilidade para as pessoas com deficiência e, de lá para cá, já ajudou a incluir mais de 20 mil PCDs, em mais de 1.000 empresas.

    Debate sobre pessoas com deficiência no Estudio News

    Andrea Schwarz, Gustavo Toledo e Daniel Toco – Divulgação

    Ativista da causa, Andrea já publicou livros sobre o tema e foi eleita uma LinkedIn Top Voices, resultado do interesse da sociedade em conhecer e se informar mais.

    “Minha rede de seguidores não é composta só de pessoas com deficiência, porque todo mundo tem sua história e quanto mais a gente escuta, percebemos que estamos a uma história de distância e que temos muito mais em comum do que pensamos. Acho que as redes sociais têm um papel importantíssimo de normalizar algumas questões e mostrar que não vivo apesar da minha deficiência, mas sim, vivo com minha deficiência, isso é muito diferente”.

    O repórter Daniel Toco nasceu sem o braço direito e desde criança teve que aprender a enfrentar a sociedade capacitista. Toco conta que o modo que encontrou para lidar com as piadas na escola foi fazer piadas consigo mesmo, colegas e professores, no fundo uma forma de fuga para poder ser aceito.

    Há quase 1 ano, ele comanda o quadro Cidade Alegre, no Balanço Geral RJ, um quadro só de notícias boas, que deu certo. Além de trabalhar a educação da sociedade, Toco acredita que se aceitar é o primeiro passo.

    “Tem o trabalho interior de falar “Eu posso, eu me aceito, eu me amo, e nada vai me impedir”, e quando você tem essa força dentro de você, o mundo pode falar que não, mas você vai conseguir. Eu sou o primeiro repórter com agenesia de membro na TV, eu não tinha referência nela, eu não conseguia olhar e falar que eu ia conseguir porque fulano já foi. Foi um pouco doloroso aceitar, mas quando aceitei as portas foram se abrindo”.

    Acesse a matéria completa pelo link: https://noticias.r7.com/brasil/estudio-news-debate-visao-da-sociedade-sobre-deficientes-04032021?amp


0 comentários

Deixe uma resposta

A EqualWeb é uma das soluções líderes globais em acessibilidade digital. Há 6 anos, vem tornando sites e conteúdos digitais acessíveis para pessoas que possuem alguma necessidade especial.

São Paulo

Av. das Nações Unidas, 8501, 17º andar
Pinheiros, São Paulo/SP

E-mail: [email protected]

Rio de Janeiro

Rua Visconde de Pirajá 351, Andar P
Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Telefone: +55 21 99506-0993

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies.