Notícias

  • Saiba como mudar o cenário do capacitismo nas instituições

    Compartilhe

    Em um país onde mais de 45 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência, é preocupante notarmos que ainda haja tanto capacitismo em diferentes esferas da nossa sociedade. Seja na piada inapropriada ou em qualquer outra atitude discriminatória, o preconceito contra pessoas com deficiência precisa ser abolido urgentemente. 

    E isto não deve ocorrer apenas para estar de acordo com leis e normas, mas sim por entendermos que uma deficiência não faz com que alguém tenha menos direitos que outras. Então, que tal conhecer mais sobre o que é capacitismo e entender quais atitudes precisam ser mudadas para termos uma sociedade mais igualitária e inclusiva? 

    Continue a leitura para saber mais!

    Capacitismo. Ilustração de pessoas com deficiência  e sem deficiência

    O que é capacitismo

    Nos últimos anos, o termo capacitismo se tornou mais presente na rotina de quem navega pelas redes sociais. Mas isso não significa que as pessoas com deficiência não estejam sofrendo por seus efeitos a muito tempo. 

    Mas, afinal, você sabe o que é capacitismo? Nós explicamos: de uma forma ampla, capacitismo é todo e qualquer tipo de discriminação ou preconceito contra pessoas com deficiência. Mas, por outro lado, o capacitismo está pautado por uma ideia na sociedade de que existe um corpo padrão perfeito que é dito “normal”. Por conseguinte, leva a uma crença preconceituosa de que outras pessoas não são “normais” e assim tem suas capacidades, aptidões e possibilidades subestimadas por apresentar alguma deficiência. 

    Talvez você nunca tenha se dado conta, porque o capacitismo, muitas vezes, acontece de forma velada, sendo feita por meio de piadas inapropriadas ou até mesmo de pseudo-elogios e palavras que reforcem uma suposta superação. 

    Por não ser algo que acontece explicitamente, esse tipo de preconceito dificulta a percepção da população em geral sobre sua natureza negativa e prejudicial, tornando-o ainda mais estrutural e inconsciente. Assim como acontece com outros tipos de preconceitos, o problema principal do capacitismo é que leva à privação dos direitos ou oportunidades e acaba aumentando a injustiça social que sempre fez parte da rotina das pessoas com deficiência. 

    Ignorar pautas relacionadas às pessoas com deficiência, nos depararmos com ambientes sem adaptação, entre outras atitudes são formas de reforçar como PCDs ainda são invisíveis aos olhos da sociedade. E são justamente essas falas e atitudes que perpetuam o capacitismo, mantendo assim as pessoas com deficiência com um menor protagonismo na sociedade. 

     

    Exemplos de atitudes capacitistas a serem evitadas

    Agora que você já sabe, na teoria, do que trata o capacitismo, que tal conhecer algumas das formas como ele se manifesta em nosso cotidiano? Confira alguns termos preconceituosos que são bastante utilizados no vocabulário de muitas pessoas

    Capacitismo. Imagens com frases capacitistas

    • Dar uma de João sem braço
    • Dar uma mancada
    • Está cego/surdo?
    • Fingir demência
    • Fulano está mal das pernas

     

    Mas, além de falas preconceituosas, atitudes também reforçam o capacitismo. A falta de acessibilidade é um desses exemplos. 

    Isto se dá, pois sem igualdade de acesso para pessoas com deficiência, estas acabam sendo segregadas e impedidas de frequentar os mesmos espaços e ter os mesmos acessos que pessoas sem deficiência. Sendo assim mais uma forma de preconceito, que muita das vezes passa despercebido aos olhos da sociedade. 

    E essa falta de acessibilidade vai muito além da falta de rampas, pisos táteis e banheiros adaptados. A falta de acessibilidade em espaços digitais também é uma forma de excluir PCDs do convívio social. Afinal, se a sua rotina conta com leitura de artigos, compras online em diferentes sites, navegação por aplicativos, estudos e trabalho via internet, por que o cotidiano de uma pessoa com deficiência seria diferente?

    A realidade é que apenas 0,89% dos sites brasileiros foram aprovados, em recentes testes de acessibilidade. Isso mostra como ainda temos um longo caminho a percorrer para acabar com o capacitismo em nossa sociedade e garantir que pessoas com deficiência tenham igualdade de acesso a todas as estruturas, sejam elas físicas ou digitais. 

     

    Como a sua empresa pode modificar esse cenário

    Garantir a inclusão de PCDs no mercado de trabalho, oferecendo um ambiente acessível e inclusivo é uma das maneiras de combatermos o capacitismo em nossa sociedade. Isto se faz ainda mais necessário quando observamos que mais de 20% da população brasileira possui algum tipo de deficiência. 

    Mas um ambiente digital também deve ser acessível. Então, que tal investir em ferramentas de acessibilidade digital para a sua empresa? A EqualWeb oferece até 31 soluções para tornar o acesso à internet mais independente para pessoas com deficiência ou dificuldades de navegação. 

    #TecnologiaComProposito é o que nos move! Junte-se a empresas como Rock in Rio, FGV, Suvinil, Motorola e tantos outros parceiros da EqualWeb,  e garanta que seu site seja acessível para todos. 

    Quer conhecer mais sobre nossas soluções? Converse com nossos especialistas! 

     


A EqualWeb é uma das soluções líderes globais em acessibilidade digital. Há 6 anos, vem tornando sites e conteúdos digitais acessíveis para pessoas que possuem alguma necessidade especial.

Selo Empresa Promotora de Impacto Amiga da Inclusão DigitalSelo Certificado de Acessibilidade Digital LBI Compliant

São Paulo

Av. Marcos Penteado de Ulhôa Rodrigues 939, 8º andar - Torre I
Ed. Jacarandá
Tamboré, Barueri/SP

E-mail: [email protected]

Rio de Janeiro

Rua Visconde de Pirajá 351, Andar P
Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Telefone: +55 21 99216-5814

×