Notícias

  • Seu site é acessível para pessoas com deficiência visual?

    Compartilhe

    Navegar na internet pode parecer simples para muitos, mas para mais de 6,5 milhões de brasileiros com deficiência visual, o que deveria ser comum, se torna uma tarefa árdua devido à falta de acessibilidade digital nos sites brasileiros. 

    De acordo com estudos realizados pela BigDataCorp em parceria com o Movimento Web para Todos, apenas 0,89% dos sites nacionais foram aprovados nos testes de acessibilidade. Isso significa que quase todos os 16,89 milhões de sites ativos no país não estão preparados para receber pessoas com deficiência. 

    Para modificar este cenário, é preciso entendermos por que esse número ainda é uma realidade em 2022 e de que maneira é possível alterar esta situação. Continue a leitura para saber mais!

     

    Acessibilidade digital. Banner com alguns dados sobre acessibilidade nos sites. Gráfico apresentando que menos de 1% dos sites brasileiros foram aprovados no teste de acessibilidade

    Como pessoas com deficiência visual são afetadas com a falta de acessibilidade digital

    De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pelo menos 45 milhões de brasileiros têm algum tipo de deficiência. Dentre este número, 35,5 milhões de pessoas possuem alguma deficiência visual, sendo que 582 mil são cegas e 6 milhões apresentam baixa visão. 

    Levando em consideração que este número equivale a 18,6% da população nacional, é preocupante constatar que tantas pessoas ainda são impedidas de navegar de forma autônoma pela internet. Isto acontece devido à falta de acessibilidade que ainda é realidade em nosso país, já que apenas menos de 1% dos sites brasileiros foram aprovados nos testes de acessibilidade. 

    Ferramentas como leitores de tela e de texto, comandos de voz, ajuste de tamanho da fonte, descrição da imagem e muitos outros são essenciais para garantir que pessoas com deficiência visual, seja ela parcial ou total, consigam ter igualdade de acesso e autonomia na navegação nos meios digitais. Sem isso, além de criar barreiras e afastar um enorme público, as empresas não ficam aderentes às leis e normas que protegem os direitos de acessibilidade digital de pessoas com deficiência.

    Acessibilidade digital. Foto ilustrando o martelo da Justiça.

    O que diz a legislação

    Mesmo com a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146, art. 63), tornando obrigatória, desde 2015, a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, vemos que sete anos após a criação da lei, pouca coisa mudou. 

    Empresas que continuam mantendo seus sites sem acessibilidade também ferem outras leis, como a Lei Nº 10.098, que estabelece, a “utilização, com segurança e autonomia, […] dos dispositivos, sistemas e meios de comunicação e informação”.

    Ao não implementar a  acessibilidade digital em seu site, sua empresa também estará ferindo a Constituição Federal de 1988, já que nela são estabelecidos direitos fundamentais como “A construção de uma sociedade livre, justa e solidária, a redução das desigualdades sociais, assim como a promoção do bem de todos, sem preconceitos” e “A liberdade e a igualdade, sendo o acesso à informação um dos meios para alcançá-las”, respectivamente nos Títulos I e II dos Direitos e Garantias Fundamentais. 

    Além das leis e normas nacionais, há também o regulamento internacional desenvolvido pelo Consórcio World Wide Web (W3C)  que estabelece os padrões de acessibilidade que devem ser globalmente seguidos, inclusive sendo a referência usada pela LBI. 

     

    Acessibilidade digital. Banner com uma foto da página inicial do site da Equalweb, com a seguinte frase: " A Equalweb é uma das únicas empresas a estar em conformidade com a Lei Brasileira de Inclusão (LBI) e com a norma internacional WCAG 2.1 AA."
    Como sua empresa pode mudar essa realidade

    Para garantir que o acesso aos meios digitais seja igualitário para todos, é preciso implementar ferramentas de acessibilidade digital que estejam de acordo com as normas e leis nacionais e internacionais.

    Para estar em conformidade com as leis e regulamentos, você pode usar uma ferramenta de acessibilidade digital. Sendo a EqualWeb, líder mundial e pioneira em acessibilidade na web, nos orgulhamos de estar em conformidade com a Lei Brasileira de Inclusão (LBI) e com a norma internacional WCAG 2.1 AA.

    Com nossa tecnologia, em poucos minutos, tornamos acessíveis os sites de empresas de todos os portes. Tudo isso sem precisar alterar o código fonte e sem influenciar no tempo de carregamento do seu site. Motorola, Rock in Rio, Suvinil, Natura e FGV são apenas algumas das milhares de empresas que já deram o primeiro passo no caminho da acessibilidade implementando nossa ferramenta em seus sites.

    Quer ter até 31 soluções de acessibilidade disponíveis na navegação do seu site, garantindo que ele esteja de acordo com as leis e atraindo um volume ainda maior de pessoas para navegar nele? Visite equalweb.com.br e converse com nossos especialistas!


A EqualWeb é uma das soluções líderes globais em acessibilidade digital. Há 6 anos, vem tornando sites e conteúdos digitais acessíveis para pessoas que possuem alguma necessidade especial.

Selo Empresa Promotora de Impacto Amiga da Inclusão DigitalSelo Certificado de Acessibilidade Digital LBI Compliant

São Paulo

Av. Marcos Penteado de Ulhôa Rodrigues 939, 8º andar - Torre I
Ed. Jacarandá
Tamboré, Barueri/SP

E-mail: [email protected]

Rio de Janeiro

Rua Visconde de Pirajá 351, Andar P
Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Telefone: +55 21 99216-5814

×