Notícias

  • Acessibilidade digital em tempos de pandemia: Sites sobre a Covid-19 têm falhas de acessibilidade em 189 países

    Compartilhe

    Para enfrentar a pandemia, é crucial que notícias oficiais e informações sobre como prevenir e conter o Coronavírus sejam acessíveis a todos. Mas será que essas informações estão disponíveis para toda a população?

    A resposta é não. Apesar da quantidade de informações diárias sobre o vírus, há uma parcela do público que não consegue consumir essas notícias por conta própria. O motivo? A ausência de recursos de acessibilidade digital em websites.

    Um estudo conduzido por instituições de Israel analisou sites de 189 nações e concluiu que as informações sobre a pandemia não chegam de maneira eficiente a pessoas com deficiência. Segundo os pesquisadores da Universidade Bar-Ilan, do Centro Médico Galilee e da Universidade de Tel Aviv, sites informativos sobre a Covid-19 têm falhas de acessibilidade em 89% dos países.

    Os critérios utilizados foram descritos pela Iniciativa de Acessibilidade na Web (WAI) para determinar quais sites implementaram totalmente os princípios de acessibilidade. Além disso, também foi avaliada a compatibilidade dos sites do governo em aplicativos móveis.

    Na pesquisa, alguns países aderiram totalmente às diretrizes da WAI, como foi o caso da Itália, Noruega, Coreia do Sul e Estados Unidos. Os outros apresentaram erros de acessibilidade significativos que geram barreiras de acesso para pessoas com deficiência. Os dados analisados pelos cientistas também mostraram que a maior parte dos sites das autoridades nacionais de saúde contém erros que podem dificultar a navegação desses usuários.

    Segundo o coautor do estudo, Amiel Dror, “não podemos esperar adesão às regras de uso de máscara, higiene e distanciamento social na luta contra a pandemia se a informação não estiver acessível a todos”. E completou: “Na ausência de informações acessíveis narradas às pessoas com deficiência, não podemos nos considerar uma sociedade verdadeiramente inclusiva”.

    Sem recursos acessíveis, usuários com deficiência não podem acessar informações

    A falta de recursos assistivos nos websites cria barreiras de navegação que dificultam e impedem a leitura de informações fundamentais sobre a pandemia. Informações básicas como a maneira certa de lavar as mãos, a importância do isolamento social e outras medidas de prevenção não chegam até essas pessoas.

    Como um surdo faz para obter notícias sobre a pandemia, uma vez que muitos dependem da língua de sinais? Como uma pessoa com deficiência visual é capaz de acessar um site se ele não possui a navegação adequada? Como idosos, que fazem parte do grupo de risco, vão se informar com problemas de contraste e tamanho de fontes?

    É preciso, portanto, que as informações fornecidas pelas autoridades nacionais de saúde estejam disponíveis em formatos acessíveis, incluindo tecnologia digital, legendas ou audiodescrição, através de uma linguagem fácil e simples. Todos esses fatores devem ser levados em conta.

    E o seu site? Conta com conteúdo acessível? É de suma importância que a sua empresa permita que pessoas com deficiência e limitações acessem de forma autônoma os conteúdos digitais, sem qualquer tipo de barreira. Dessa forma, você estará abrindo portas e tornando a sua marca mais inclusiva. E não só isso: estará ampliando o seu público e melhorando a imagem da sua empresa. Isso com certeza se converterá em nossos clientes e maior lucro. Conte com a EqualWeb para iniciar essa mudança!

    Acesse a matéria completa da Revista Galileu sobre o estudo de sites sobre Covid-19 que apresentam falhas em acessibilidade: https://revistagalileu.globo.com/Tecnologia/noticia/2021/01/sites-sobre-covid-19-tem-falhas-de-acessibilidade-em-89-dos-paises.html


0 comentários

Deixe uma resposta

A EqualWeb é uma das soluções líderes globais em acessibilidade digital. Há 6 anos, vem tornando sites e conteúdos digitais acessíveis para pessoas que possuem alguma necessidade especial.

São Paulo

Av. das Nações Unidas, 8501, 17º andar
Pinheiros, São Paulo/SP

E-mail: [email protected]

Rio de Janeiro

Rua Visconde de Pirajá 351, Andar P
Ipanema, Rio de Janeiro/RJ

Telefone: +55 21 99506-0993

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao continuar a navegar pelo site, você concorda com a utilização de cookies.